Grão de bico catalão

 

Faz alguns dias que estou em Natal visitando a família e, embora desde que cheguei ainda não tenha passado um só dia sem cozinhar (minha família gosta de explorar meus dotes culinários), nada do que fiz até agora merece aparecer aqui. Preparei panelas e mais panelas de feijão, arroz, couve, saladas e proteína de soja, mas quem não sabe preparar esses pratos? Tento aproveitar ao máximo a companhia dos meus parentes então o tempo anda curto pra criar receitas mais elaboradas. Porém sinto falta estar mais presente aqui. Felizmente achei nos meus arquivos a foto de um prato que há tempos queria dividir com vocês.

Esse prato eu descobri alguns anos atrás no meu blog preferido, The traveler’s lunchbox. Melissa é uma jornalista especializada em viagens e culinária e o blog dela é bem escrito, tem fotos lindas e o tipo de receitas que você prepararia pra impressionar sua sogra. Embora o blog não seja vegetariano (longe disso!), minhas passagens por lá me inspiram bastante.  Não sei o que estava procurando quando achei essa receita (acho que a única vegana de lá), que me levou a conhecer o blog, mas sou muitíssimo grata pelo achado. Adoro grão de bico e esse é sem dúvida nenhuma meu prato preferido com esse ingrediente. Graças à essa receita, convenci um certo carnívoro descendente de vikings que comida vegana podia ser tão saborosa quanto as aves que ele caçava nas montanhas da Noruega. Sem falar que ela me ajudou a conquistar uma ex futura sogra, a mãe do escandinavo em questão.

Quem gosta de grão de bico vai adorar esse prato. Pra quem não gosta, tenho um pedido a fazer: dê mais uma chance a essa leguminosa e experimente a receita. Se ela conquistou até o norueguês caçador (e a mãe dele) é porque a coisa é boa, mesmo.

 

Grão de bico catalão com tomates e amêndoas

Segundo The traveler’s lunchbox, essa é uma receita da Catalúnia, daí o nome. Esse prato é muito nutritivo, rico em proteínas e cálcio, graças ao grão de bico e às amêndoas, além de vitaminas e fibras. Pode ser servido como prato principal, acompanhado unicamente de uma salada verde, ou como entrada. Fiz poucas modificações na receita, mas quem quiser conferir a original (que tem uma foto bem mais apetissante que a minha) e só clicar aqui.

400g de grão de bico cozido*

2 cs de azeite, mais pra servir

1 cebola grande picada

400g de tomates bem maduros

3 dentes de alho amassados ou picadinhos

1/3 x de amêndoas inteiras

1 cubo de caldo de legumes

1 ½ x de água

1 punhado grande de salsinha picada

suco de meio limão grande

pimenta do reino e sal a gosto

Em uma frigideira (de preferência de ferro), toste as amêndoas a seco (ou seja, não coloque nada na frigideira além das amêndoas) durante alguns minutos, mexendo de vez em quando. Elas devem ficar com algumas marquinhas de queimado na pele e liberar um aroma intenso. Reserve. Tire a pele dos tomates da seguinte maneira: espete um tomate com um garfo e passe pela chama do fogão até a pele ficar ligeiramente carbonizada e se romper em alguns lugares. Repita com os outros tomates. Depois é só puxar a pele, que se soltará facilmente. Corte os tomates descascados em cubinhos e reserve. Frite a cebola no azeite até ficar dourada. Junte o alho, os tomates picados e deixe cozinhar coberto durante 5 minutos. Acrescente o grão de bico cozido, o caldo de legumes e a água à panela e deixa cozinhar até o líquido evaporar quase completamente. Enquanto isso coloque as amêndoas no processador (ou liquidificador potente) e triture até virar pó. Quando o grão de bico estiver bem macio e quase toda a água tiver evaporado, junte as amêndoas e a salsinha picada e cozinhe mais 2 minutos, mexendo algumas vezes. Prove, junte mais sal se for necessário, acrescente uma boa pitada de pimenta do reino e o suco de limão. Desligue o fogo e deixe descansar 5 minutos. Regue cada porção com um fio de azeite e sirva com um limão partido ao lado, caso alguém queira colocar mais um pouco de suco de limão no seu prato. Seve 4 porções comportadas (ou duas bem generosas) como prato principal.

* Grão de bico se cozinha como feijão. Se não souber cozinhar nem feijão nem grão de bico, aqui vai uma explicação rápida. Coloque os grãos de molho por 12 horas. Discarte a água do molho, transfira o grão de bico pra uma panela de pressão e cubra com bastante água. Tampe a panela e deixe cozinhar em fogo alto durante 40 minutos. Desligue o fogo, abra a panela (depois de ter deixado o vapor escapar, claro) e prove um grão. Se ainda não estiver macio feche a panela e deixe cozinhar mais 15 minutos. O tempo de cozimento vai depender da idade do seu grão de bico: quanto mais velho mais tempo leva pra cozinhar.