Como preparar quinoa/quinua

Quinoa: vermelha e amarela

Tem um grande amigo meu de passagem na cidade e antes de sair do seu habitat (as florestas do norte da França) pro meu (os confins do Oriente Médio), ele teve a gentileza de me perguntar se eu queria que ele trouxesse algo pra mim, algo que eu não encontro aqui. Adoro quando me fazem essa pergunta e tratei logo de preparar uma lista, o que obrigou meu amigo a fazer sua primeira visita à uma loja de produtos orgânicos. Ele chegou aqui dizendo que descobriu um mundo novo, exatamente como aconteceu comigo alguns anos atrás. Só tem um problema: ele não sabe como preparar nada desse mundo novo. Depois dessa conversa tive uma ideia: incluir outros produtos, além de vegetais, na série “Como preparar…”.

Quinoa (ou quinua, na ortografia original) é o cereal que comemos com mais frequência aqui em casa (botanicamente falando não é um cereal, mas isso é um detalhe sem importância). É integral, rica em proteínas e minerais (100gr de quinoa tem: 15g de proteínas, 68g de carboidratos, 286mg de fósforo, 112mg de cálcio, 9,5mg de ferro), uma boa fonte de fibras e fica pronta em poucos minutos. E o melhor de tudo: quinoa é uma proteína completa. O único ponto negativo é seu preço, mas tenho esperanças que quando o cultivo dessa planta aumentar no nosso país, o preço vai baixar consideravelmente. Pelo que descobri na Wikipédia “…o Brasil apresenta um enorme potencial para produzir a quinoa na região central, mais árida – pois a planta não exige muita chuva e pode ser cultivada na entressafra da soja – bem como nas áreas mais altas e frias da região sul. A quinoa também apresenta um bom resultado como cultura de verão nas entressafras; por ser botanicamente diferente das espécies nativas, é mais resistente às pragas e doenças que ficam nos restos de cultura e plantas espontâneas, diminuindo seu impacto negativo.” Maravilha! Além de deliciosa, prática e nutritiva, quinoa é ecológica!

Segue então explicações sobre como preparar quinoa e duas receitas simples. Quinoa com legumes e molho de tahina é o almoço que tenho comido com mais frequência nos últimos meses. Ano passado Anne passou umas semanas longe de casa, a trabalho, e voltou dizendo que quinoa com tahina tinha sido a base da sua alimentação durante esse tempo. Achei a ideia estranha, mas ela elogiou tanto a mistura que resolvi experimentar. Desde então não se passou uma semana sem que o prato, com dezenas de variações, aparecesse na nossa mesa. Adapte a receita ao seu gosto, usando seus  legumes preferidos, ou os que achar na geladeira. Garanto não tem como dar errado.

Como cozinhar quinoa

1/3x de quinoa (qualquer cor: amarela, vermelha ou preta)

1x de água

1/4cc de sal

 Em uma panela pequena (a menor que você tiver) misture a quinoa com a água e o sal e leve ao fogo alto. Quando começar a ferver baixe o fogo e deixe cozinhar 15 minutos. Não cubra a panela nem aumente o fogo, ou a quinoa vai derramar. Quando a água tiver evaporado completamente e a quinoa estiver macia (dependendo do tamanho da sua panela você vai precisar juntar um pouco mais de água: quanto maior a panela mais rápido a evaporação) desligue o fogo e deixe descansar coberto 5 minutos antes de servir. A quinoa está cozida quando estiver macia, mas ligeiramente firme (cozinhado demais ela vira papa), e o germe ficar exposto.  O germe é o interior do grão e parece com um “rabinho” em forma de vírgula (clique na foto abaixo pra ver melhor). Rende 1 1/3x de quinoa cozida.

Quinoa com brócolis, abobrinha e tomate, molho de tahina

 1 1/3x de quinoa cozida (receita acima)

1 cebola em tirinhas

1 dente de alho picado

2x de brócolis em pedaços pequenos

1x de abobrinha em pedaços pequenos

1x de tomate em cubinhos

2cs de azeite

sal e pimenta do reino a gosto

molho de tahina (veja receita no final da página)

Aqueça o azeite e refogue a cebola durante alguns minutos. Junte o brócolis, a abobrinha, o alho e sal a gosto. Cozinhe tampado (sem acrescentar água) até os legumes ficarem macios (eu gosto dos meus legumes “al dente”). Desligue o fogo e junte o tomate (que deve permanecer cru). Corrija o sal e junte uma pitada generosa de pimenta do reino. Sirva ao lado da quinoa, com o molho de tahina. Aqui em casa gosto de misturar os legumes com a quinoa e servir com uma boa dose de molho por cima. Se sua quinoa tiver sido preparado antes e estiver fria, o segundo método é ideal pois vai aquecê-lo. Serve duas porções generosas.

 

Quinoa com couve, cenoura e brócolis, molho tahina

1 1/3x de quinoa cozida (receita acima)

1 cebola em tirinhas

1 dente de alho picado

2x de brócolis em pedaços pequenos

1 cenoura pequena em rodelas finas

2x de couve em tirinhas finas

1 punhado de salsinha ou coentro picado

2cs de azeite

sal e pimenta do reino a gosto

molho de tahina (veja receita no final da página)

 Aqueça o azeite e refogue a cebola durante alguns minutos. Junte a cenoura e cozinhe tampado durante 4 minutos. Junte o brócolis e o alho e cozinhe (sempre tampado) por mais 5 minutos. Junte a couve e cozinhe mais um minuto. Acrescentados nessa ordem os legumes vão cozinhar por igual, mas continuar ligeiramente crocantes. Adapte o tempo de cozimento se quiser legumes mais macios. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto, junte a salsinha, a quinoa (deixe aquecer alguns minutos coberto, se ele estiver frio) e sirva com o molho de tahina por cima. Serve duas porções generosas.

Molho de tahina

4 cs (rasas) de tahina

2 cs de suco de limão

3 cs de água

¼ cc de sal

pimenta do reino a gosto

Misture a tahina com o liquido (junto 1cs por vez) e bata vigorosamente até ficar cremoso. Se ficar muito espesso junte um pouco mais de água (o molho deve ficar um pouco mais líquido que maionese). Tempere com sal e pimenta do reino.

42 comentários em “Como preparar quinoa/quinua

  1. Pra mim, é menina e se pronuncia “quinôa”. Mas já ouvi de tudo: “Quínua”, “Quínôa” e “Quinúa”. Nas caixinhas, Quinoa é a escrita mais comum mas tb tem Quinua.
    Mês retrasado comprei e deixei estragar… pecado…. Mas agora já sei como fazer e td vai mudar 🙂

    Obrigada!

    1. Eu preparei amaranto assim algumas vezes mas o resultado final é sempre meio “papa”, nunca fica soltinho como quinoa. Não sei se preparo errado ou se o grão é grudento, mesmo. Como pouco amaranto (não sou muito fã do sabor) e agora so uso em sopas ou pra fazer burguers, onde o grudento do grão não atrapalha. Se eu descobrir uma maneira melhor de prepara-lo prometo contar aqui no blog.

  2. A quinoa vem lá dos lados do Perú e Bolívia e é chamada de quínua, com acento no í . De volta ao Brasil, assim continuei a chamá-la em respeito às origens…

  3. o amaranto e a quinoa substituem a carne e o leite pois suas proteínas são completas. Devem ser consumidas pela manhã e a noite, pois no almoço sua concentração de cálcio atrapalha a absorção do ferro existente no feijão e nos vegetais folhosos.O vegano deve sempre fazer a comida quente em panelas de ferro. Suco de manga com amaranto substitui o leite de vaca e não aconselho aos homens utilizarem a soja e nem os seus derivados (aliás, a ninguém! ) devido às substancias androgênicas presentes em sua composição.

    1. Obrigada pelas informações, Leandro. Vou discordar com você so em um ponto. Quinoa pode ser servida no almoço, sim, é so não misturar com feijão (nem com lentilha). Eu sempre como no almoço, mas sirvo com legumes e tahina (que também é riquissima em calcio).

    2. Tbm aprendi a falar “quínua” (com acento no í) lá no Peru! Agora tenho dificuldade em falar “quinôa” rsrs Obrigada pela receita!

  4. Um quilo de quinoa na zona cerealista em São Paulo custa por volta de 15 reais. Nos mercados 200g custa uns 18, ou seja cerca de 90,00 o quilo. Vale MUITO a pena ir até a rua Mercúrio e visitar as lojas, que inclusive tem convênio com estacionamento, e comprar produtos frescos por um preço justo.

  5. oi…obrigada pelas informações e receitas que voces colocaram aqui…tenho feito quinua cozida, temperada com cebola, etc…depois misturo cenoura ralada esalsinha e deixo cozinhar uns 2 minutos no maximo…depois, ralo gengibre e mais um minuto de fogo…pronto!! fica fantastico!!!

  6. Olá Sandra, há algum tempo acompanho seu site e simplesmente me apaixonei. Por enquanto só testei com sucesso o tofu mexido, receita obrigatória aqui em casa, faço a receita base(sem os opcionais e a pimenta do reino) com orégano , shitake e pimenta calabresa moída, uma delícia XD eu quero testar e incorporar mais receitas mas tenho algumas dúvidas, por exemplo: tahina e tahine são a mesma coisa?

    Sou um entusiasta da culinária fora do comum e te considero a luz deste caminho, por isso meu muito obrigado =)

    1. Diego, tahina e tahine são a mesma coisa, sim. Por aqui (Palestina) o pessoal chama tahina, mas parece que no Brasil é mais comum dizer ‘tahine’. Muito obrigada pelo comentário (adorei o ‘culinária fora do comum’:) e espero que minhas receitas te inspirem.

    1. Zenir, infelizmente não vou poder te ajudar pois não tenho nenhuma receita com quinoa em flocos. Mas tenho certeza que você vai achar coisas interessantes procurando na net.

  7. Oi Sandra, seu blog é lindo, Todas as fotos de receitas são lindas e dão-me água na boca! O problema é q detesto cozinhar, então acho que nunca farei um prato como o seu , rs …

    Vou ficando só com o básico.

    Sou vegetariana, e há algum tempo dei uma parada com a Soja, porque tenho lido muita coisa ruim a respeito dela. Então tenho comigo bastante quinoa.

    O problema é que nunca acerto o ponto e a minha quinoa sempre fica empapada, o que impede que eu faça uma salda com ela.

    Aí acaba ficando uma droga, e eu como assim mesmo porque não tem jeito….

    Então, vc tem alguma dica pra que eu possa “acertar o ponto” da quinoa?

    Abraços.

  8. Encontrei seu blog por acaso quando procurava dicas de preparo de algas.Estou encantada por tudo.Que receitas maravilhosas.Como eu faco pra receber o seu livro aqui em Israel?
    Voce escreve muito bem.
    As receitas sao as melhores veganas que eu ja vi.
    Voce ainda esta no Oriente Medio.?Eu moro em Israel.Voce gostaria de conhecer o lugar aonde eu moro?
    Sou uma avo de 59 anos e acho que tenho algumas dicas pra voce.Gostaria de conversar sobre receitas e outros assuntos.
    Um grande abraco,Salam, Shalom

    1. Fico feliz por você ter encontrado o meu blog, Ana. Infelizmente desde junho não moro mais na Palestina (espero voltar um dia), mas gostaria de agradecer o convite mesmo assim. Quem sabe na minha próxima viagem à região eu consiga te visitar? Quanto ao livro, como ele é digital (arquivo PDF) eu mando por email pra qualquer lugar. Abraços.

  9. Conheci a Quinoa em uma viagem à Cusco, no Peru, há alguns anos. Eu e meu noivo havíamos feito um passeio longo pelas ruínas Incas e passamos o dia sem comer nada. Mortos de fome, à caminho do hotel, vimos uma plaquinha em frente a um restaurante caseiro indicando sopa de quinoa e um cheiro maravilhoso vindo de lá de dentro. Nunca mais esqueci desse cereal. Era simplesmente delicioso! Passei a pesquisar a respeito e descobri o quão fantástico é esse alimento. Aqui no Brasil costumo comprar em lojas da franquia Mundo Verde. Sempre faço sopas e saladas. À propósito, em Cusco a pronúncia era “Quínua”, sendo “quí” a sílaba tônica.

  10. São todos muito nutritivos, o pão do dia a dia aqui em casa, ao menos para mim. Acho que a melhor educação que o ser humano pode ter em relação a si mesmo é a respeito de sua saúde. Se esta for considerada de forma preventiva, a melhor maneira é quanto à alimentação e outros cuidados mais.
    Acho que o Amaranto, a Chia, a Quinoa, assim como outros, que nos fornecem sais essenciais, são muito importantes e busquei por isso muito tempo. Outros tem princípios ativos específicos e também são muito bons, como Goji Berry e a Clorela por exemplo.
    Obrigado por vocês pensarem como eu.

  11. Olá,
    Comprei uma caixinha de quinua em grão, mas não sei se prepararei corretamente. Primeiro lava em àgua fria e depois coloca a quantidade de grãos direto na agua fervendo. É assim que se faz? Tipo dando um choque termico no grão? Ou isso não tem nada a ver?
    Gostaria de saber a forma básica de cozer o grão?
    Se você puder me ajudar agradeço.
    Sumahhia

  12. Oi! só queria fazer uma observação: se escreve quinua, e não quinoa, pois é uma palavra em quichua, a lingua nativa da região andina. e usa-se ‘a’ oara referir-se a quinua.se puder editar, seria legal

    1. Obrigada pelo toque, Marina. Não tenho tempo de editar tudo, mas a partir de agora sempre que falar da quinua aqui vou usar a grafia original.

  13. Fiz a quinoa de abobrinha, brócolis e tomate, mas substitui o molho (por ser difícil de encontrar) utilizei um molho de tomates e manjericão e ficou muito bom! Estou na dieta de transição para o vegetarianismo, o que esta sendo difícil encontrar os ingredientes mas de foco e fé!
    Adorei o site, parabéns! Tem me ajudado bastante!

Deixe uma resposta