Semana passada eu não parei um minuto. Além das longas horas de trabalho, o fato de ter feito atividades totalmente diferentes (chef particular, intérprete e babysitter) me deixaram ligeiramente desnorteada. E como no final da semana viajei pra Paris e só voltei ontem à noite, meu nível de cansaço físico e mental está batendo no teto. Mas não pensem que estou reclamando, estou só explicando minha ausência nos últimos dias. Mal cheguei e já voltei a trabalhar (o tempo está curtíssimo), mas queria dar o ar da graça por aqui. E dividir uma receita maravilhosa com vocês. O post vai ser curto, pois ainda tenho algumas horas de sono pra recuperar, mas garanto que com uma receita como essa você não vai precisar do meu bla bla bla de sempre.

Eu tenho uma confissão a fazer. Há anos (anos!) eu venho preparando uma receita sublime, deliciosa, maravilhosa, provavelmente minha receita preferida com tofu! E durante todo esse tempo pensei: “Preciso publicar a receita no blog”. Mas acontece que sempre que eu a preparava, devorava tudo em segundos e só lembrava de fotografar o prato quando já não tinha mais nada a ser fotografado além da minha cara coberta de molho.

Esse tofu com molho de manga e gengibre é uma adaptação dessa receita de Isa Chandra Moskowitz, uma das minhas heroínas de culinária vegetal, que encontrei no primeiro livro de receitas veganas que comprei (“Vegan with a Vengeance”). Se você ainda não conhece o trabalho dela, corra lá no Post Punk Kitchen que você terá acesso à muitas receitas incríveis (tudo em Inglês). Gosto de fazer uma versão simplificada e adaptada dessa receita e de servi-la de uma maneira diferente, mas todo o mérito vai pra Isa, que inventou essa maravilha. Esse é um prato que exige um certo tempo e trabalho, mas garanto que os resultados compensam. Sempre faço esse tofu quando estou na Europa durante as festividades do final do ano e acabou virando quase uma tradição de natal e ano novo. Então se você estava procurando uma receita especial pra impressionar a família e os amigos onívoros ou aquele prato que roubará a cena na sua ceia desse ano, acabou de achar.

tofu com molho de manga e gengibre2

Espetinho de tofu com molho de manga e gengibre

A receita original é servida como prato principal, mas eu adoro fazer esses espetinhos (mais divertido pra comer e o visual sempre impressiona). Se preferir servir como prato principal corte o tofu em pedaços maiores, corte a manga e o pimentão em tiras e sirva tudo misturado (tofu, molho, manga crua e pimentão salteado). Eu sou louca por gengibre e acho que ele casa maravilhosamente bem com a manga, por isso uso 4 colheres de sopa de gengibre fresco nessa receita. Como sei que algumas pessoas têm papilas mais sensíveis, sugiro entre 2 e 3 colheres de sopa desse ingrediente. Mas sinta-se livre pra adaptar as quantidades de acordo com o seu gosto.

1 cebola grande, picada

6 dentes de alho, picados

2-3cs de gengibre fresco, picado (veja dicas acima)

3 mangas maduras, mas firmes

1/2x de vinho branco seco

Suco de 1 laranja

Suco de 1/2 limão galego

1 pitada de cada: cravo, canela, noz moscada e pimenta do reino (tudo em pó)

Sal a gosto

3cs de azeite

400g de tofu firme

4cs de molho shoyu (ou tamari)

1 pimentão vermelho

Descasque duas mangas (a terceira será usada depois) e corte em cubos pequenos. Reserve. Em uma panela média aqueça 1cs de azeite e doure a cebola. Junte o alho e o gengibre e cozinhe mais um minuto. Junte as mangas picadas, o vinho, o suco de laranja, o suco de limão, as especiarias e uma pitada generosa de sal. Deixe cozinhar coberto, em fogo baixo, até as mangas começarem a se desintegrar. Enquanto isso pressione o bloco de tofu com um pano de prato limpo ou toalhas de papel (pra drenar um pouco da umidade) e corte-o em cubos pequenos. Em uma frigideira grande aqueça 1cs de azeite e doure os cubos de tofu. Tempere com o molho shoyu. Prove um pedaço de tofu e acrescente mais shoyu, se achar necessário (o tofu deve ficar bem temperado). Quando o molho de manga estiver pronto deixe esfriar um pouco e passe no liquidificador até transformá-lo em um creme homogêneo. Prove e corrija o sal, se necessário (o molho é doce e ligeiramente salgado ao mesmo tempo). Despeje sobre o tofu (ainda na frigideira) e quando começar a ferver desligue o fogo, tampe e deixe descansar uma hora (em temperatura ambiente) pro tofu absorver um pouco do molho. Você pode preparar o molho e o tofu na véspera e deixar ele marinando de um dia pro outro (nesse caso transfira o tofu e o molho pra um recipiente com tampa e deixe descansar na geladeira).

Pra servir

Pouco antes de servir os espetinhos corte o pimentão vermelho e a terceira manga em cubos (mais ou menos do tamanho dos cubos de tofu). Aqueça 1cs de azeite em uma frigideira grande e cozinhe os pedaços de pimentão, em fogo alto, mexendo frequentemente. Eles devem amolecer um pouco e ganhar uma cor mais escura em alguns lugares, mas cuidado pra não cozinhar demais. Enquanto isso aqueça o molho de manga e tofu (juntos) em fogo baixo. Retire os pedaços de tofu da panela (eles estarão cobertos de molho, mas tudo bem) e reserve o molho. Monte os espetinhos: espete em um palito de dente um pedaço de manga (crua), um pedaço de pimentão salteado e um pedaço de tofu. Repita a operação até acabar os pedaços de manga/pimentão/tofu. Sirva os espetinhos em temperatura ambiente, acompanhados do molho (morno). Mergulhe cada espetinho no molho antes de degustar. Rende aproximadamente seis porções como entrada/aperitivo.