Archives for posts with tag: video

Nas últimas semanas estive ocupada e empolgada com um novo projeto. A série de posts “Guia Papacapim de Alimentação Saudável”, que escrevi durante todo o ano de 2013, fez tanto sucesso que pensei em transforma-la em livro. Em e-book, pra ser mais específica.

Então eu fiz pequenas alterações no texto, adicionei algumas informações e acrescentei respostas às dúvidas que apareceram nos comentários. A versão e-book é ainda mais interessante e completa. E aqui está um vídeo explicando a ideia por trás do livro (e mostrando algumas cenas embaraçosas por trás das câmeras).

Pra quem é esse e-book?

-Você achou os artigos do Guia muito úteis e gostaria de ter todos juntinhos (e enriquecidos!), pra consultar com mais facilidade diretamente no seu computador? O e-book é pra você.

-Você conhece pessoas que precisam urgentemente ter acesso às informações que compartilhei aqui ano passado, mas que não terão tempo ou disposição pra explorar o blog? O e-book é  pra você (e pros seus amigos).

-Você aprecia as minhas receitas e histórias? Você acha que a informação que encontra aqui têm um impacto positivo na sua vida e gostaria de apoiar o meu trabalho pra que eu continue publicando artigos interessantes aqui no blog em 2014? O e-book é pra você.

Assim como nos últimos e-books que escrevi (você encontra informações sobre os dois primeiros na página ‘Livros‘), o preço é livre. Esse e-book é o fruto de meses de pesquisa e de muito carinho e gostaria que ele fosse acessível a todos, independente do conteúdo da carteira. Cada um dá o que pode/quer e depois de fazer o depósito me manda um email dizendo ‘Quero o meu GPAS (Guia Papacapim de Alimentação Saudável’)!’. Não precisa dizer quanto pagou nem enviar comprovante. Eu confio em vocês.

E você ainda pode escolher como quer pagar: Paypal ou depósito no Banco do Brasil.

Paypal: deposite a quantidade que quiser no meu email: papacapimveg@gmail.com (não se assuste, vai aparecer o nome do meu irmão, ele está me emprestando a conta).

Depósito no Banco do Brasil:

Agência 1668-3
Conta Corrente 24281-0
Titular da conta: José Paulo S. de Carvalho

Quando publiquei o meu primeiro e-book, o Guia do Herbívoro Feliz, algumas pessoas se sentiram perdidas com esse sistema de ‘pague quanto quiser’ e me escreveram perguntando “Mas seu livro custa quanto?”. Então vou explicar mais uma vez: eu realmente aceito qualquer quantia e acho absolutamente normal que as doações sejam proporcionais ao orçamento de cada um. O mais importante pra mim é que todos tenham acesso a informação e sentir que vocês apoiam o meu trabalho é a minha verdadeira recompensa.

Bônus!

Quem comprar o GPAS até o final do mês pode participar de um google hangout (uma conversa em grupo) comigo pra tirar todas as dúvidas sobre o guia e alimentação vegetal em geral.

Aqui vai mais um a colaboração com a Vege TV. Dessa vez fui parar em Londres pra preparar minha salada preferida. Tenho que agradecer à minha querida amiga Cida por ter deixado eu transformar sua cozinha em estúdio (a coitada nem sequer comeu da salada!). Vou aproveitar o ensejo pra mandar um recado pra ela: a vasília de plástico que aparece no final do vídeo é sua e mora hoja na minha cozinha. Desculpa. Obrigada. Da próxima vez terá salada pra você.

Salada de batata, tofu defumado e uva

Essa salada precisa começar a ser preparada no dia anterior, mas garanto que vale a pena. Ela fica ainda melhor no dia seguinte, depois de ter passado uma noite na geladeira.

Para preparar o tofu

1/2x de shoyo

1/2x de água

1cc de alho desidratado (ou 1 dente de alho pequeno ralado)

1/2cc de alecrim desidratado

1/2cc de tomilho desidratado

1cc de levedo de cerveja

200gr de tofu defumado (firme), cortado em cubos pequenos

um pouco de azeite

Molho

180gr de tofu sedoso

1cc de alho desidratado

1cc de alecrim fresco

1/3cc de pimenta do reino moída

3cs de azeite

1cs de suco de limão

sal a gosto

Salada

1kg de batata

6 cebolinhas pequenas picadas (a parte branca e uma parte do verde)

3 galhos de salsão picadinhos (um pouco mais de 1x)

1 1/2x de uvas roxas, cortadas ao meio (retire as sementes)

1cs rasa de alecrim fresco (jovem, com folhas macias)

sal a gosto

Na véspera misture os 6 primeiros ingredientes e coloque o tofu nessa marinada. Deixe na geladeira por uma noite. No dia seguinte separe o tofu da marinada (reserve pois pode ser usada novamente), aqueça um pouco de azeite e doure os cubinhos. Reserve. Descasque as batatas, corte em pedaços médios e cozinhe no vapor (cuidado pra não cozinhar demais). Enquanto as batatas cozinham prepare o molho. Bata todos os ingredientes no liquidificador, menos o azeite, até ficar homogêneo. Junte o azeite aos poucos, com o motor ligado. Reserve. Quando as batatas e o tofu estiverem frios prepare a salada. Misture a batata com o salsão, a cebolinha, as uvas e o molho. Por último junte o tofu e mexa delicadamente. Deixe a salada descansar na geladeira por 2 horas antes de servir (fica melhor ainda de um dia pro outro). Rende 4 porções.

Graças aos comentários positivos que vocês deixaram no vídeo dos gnocchi, consegui vencer a vergonha mais uma vez e fiz outro vídeo. Ele foi postado no site da Vege Tv (obrigada, Ricardo), mas não podia deixar de colocá-lo aqui no blog também.Dessa vez confesso que nem doeu muito e consegui disfarçar um pouco melhor o nervosismo (e não lambi nada, mas tenho certeza que minhas irmãs acharão outras razões pra criticar minha “performance”).

O vídeo foi feito no interior da França e mostramos um pouquinho da cidade natal de Anne, além de uma receita de inspiração francesa que já apareceu aqui no blog. Pra mim ele é muito especial pois uma parte da minha família francesa fez figuração. Agradeço principalmente Annie, a madrinha de Anne, que nos deu cestos e mais cestos de maçãs, e Jean-Louis, meu sogro, que deixou a gente monopolizar sua cozinha durante uma tarde inteira. Não posso esquecer dos priminhos Loïs, Julian e Anouk, que me ajudaram a colher as maçãs pra torta. Não traduzi todas as conversas en Francês porque não achei indispensável, mas se estiverem curiosos pra saber o que a pequena Anouk disse, lá vai:

(Anouk, colhendo uma maçã)- Parece a forma de uma pera.

(Eu) – é mesmo.

(Anouk)- MAÇÃ! Vou mostrar pra minha mãe. MAÇÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃ!

Muito profundo, eu sei.

A música é da minha grande amiga Johanna, que toca violino divinamente bem e que criou uma banda com dois amigos palestinos (Doreen, que toca alaúde e canta, e Ra’er, que toca tablas). Espero que gostem do vídeo e não deixem de me dizer o que acharam.