Sabiam que é possível fazer sopas cremosas sem nenhum tipo de creme (animal ou vegetal)? Uns tempos atrás aprendi esse truque e desde então utilizo regularmente nas sopas aqui em casa ou no trabalho. É bem simples, mas engenhoso. Essa técnica culinária tradicional usa manteiga, mas quando li sobre ela pensei imediatamente que talvez funcionasse com uma gordura de origem vegetal. E eu estava certa. Se você colocar sua sopa dentro do liquidificador, ligar o motor e acrescentar azeite (gordura) aos pouquinhos, ele vai se misturar com a sopa (água) e com o ar incorporado pelas hélices e isso vai criar uma emulsão. Voilà! Sopa cremosa (até a cor fica mais clara, como se você tivesse acrescentado creme) e com o delicioso e delicado sabor de azeite.

Claro que essa técnica exige que você triture sua sopa. Mas se você gostar de sopa com pedaços inteiros, triture somente uma parte da sopa, junto com o azeite, depois despeje de volta na panela onde ficaram pedaços de legumes intactos. Eu gosto de usar esse truque com praticamente todas as sopas de legumes, mas acho que o resultado é particularmente saboroso se a base da sopa for tomates. O que não é surpreendente, já que eles se dão muitíssimo bem com azeite.

E já que estou falando de sopas, aqui vai mais uma dica.  Eu adoro sopas de legumes, mas sozinhas elas não me deixam saciadas por muito tempo. Então quando quero transformar uma sopa de legumes humilde em um prato completo e nutritivo, acrescento lentilhas cozidas. Essa é a maneira mais fácil de aumentar drasticamente a quantidade de proteínas da sua sopa e transformá-la em refeição completa. Lembram que proteína é um dos componentes chaves de uma refeição capaz de saciar qualquer apetite?

Eu sempre tenho restos de lentilhas cozidas na geladeira ou no congelador e isso facilita e muito a vida na hora de preparar refeições. Mas se esse não for o seu caso, você pode cozinhar lentilhas à parte pra acrescentar à sua sopa. Comparadas com outras leguminosas (feijões, grão de bico) lentilhas não demoram muito pra cozinhar. E a mistura de lentilha verde com essa sopa de tomate e cenoura é uma das minhas preferidas. Adoro sopa de tomate (como essa), mas junto com cenoura e aipo o resultado é ainda melhor. A cenoura suaviza a acidez do tomate e deixa a sopa mais espessa e o aipo (opcional, mas recomendado) realça ainda mais o sabor.

Por que não despejar as lentilhas cruas diretamente na panela com os legumes e deixar cozinhar tudo junto? Primeiro porque sua sopa vai demorar mais pra ficar pronta. Lentilhas levam entre 20 e 30 minutos pra cozinhar, então se elas estiverem cozinhando (à parte, na água com sal e uma folha de louro) antes mesmo de você começar a preparar o resto da sopa, você economizará tempo. Se for esperar que todos os legumes tenham sido cortados, que a cebola e o alho tenham sido refogados e só então você começar a cozinhar a lentilha, junto com os outros ingredientes, sua sopa vai levar o dobro de tempo pra ficar pronta. O segundo motivo é mais subjetivo. Eu gosto de sopa cremosas, mas com alguns pedacinhos inteiros pra mastigar. Então trituro minha sopa, deixando-a bem cremosa, e só depois junto as lentilhas, pra criar um contraste de texturas. Acho uma delícia sentir na boca essas bolinhas macias junto com cremosidade dos legumes.

 133A1181

A foto acima é do meu creme de brócolis, com o acréscimo de lentilhas. Eu coloco lentilha em quase todas as sopas de legumes que faço, pra fazer um upgrade de ‘entrada’ pra ‘prato principal’. E antes de passar à receita, gostaria de contar que fiquei surpresa com o número de pessoas que me escreveram interessadas no tour político/gastronômico na Palestina. O grupo já está completo, mas o interesse foi tão grande e tantas pessoas me escreveram pedindo pra fazer outro tour no ano que vem que provavelmente outras viagens virão. Podem deixar que farei o anúncio aqui no blog quando tudo se confirmar. E tem mais! Vou dividir fotos e histórias desse tour aqui no blog, pra vocês acompanharem virtualmente nossa aventura. E vai ser uma tremenda aventura, podem apostar!

 Sopa de tomate, cenoura e lentilha

Você pode usar um resto de lentilhas que está sobrando na geladeira ou cozinhar lentilhas especialmente pra essa sopa. Eu gosto de cozinhar minhas lentilhas na água com sal e uma folha de louro. Não aconselho usar lentilha coral aqui. Elas devem sempre ser usadas junto com os outros ingredientes da sopa, pois se desfazem completamente durante o cozimento. Se quiser uma sopa com lentilha coral, sugiro essa ou essa aqui.

1 cebola grande, picada

4 dentes de alho, picados/amassados

4 cenouras médias, em rodelas finas

8-10 tomates maduros, em pedaços médios

1 galho de salsão (com as folhas), picado – opcional

5 cs de azeite (escolha um azeite de sabor suave)

2x de lentilhas verdes cozidas (ler acima)

Sal e pimenta do reino a gosto

Em uma panela grande aqueça 1cs de azeite e doure a cebola. Junte o alho e deixe cozinhar mais 30 segundos. Acrescente as cenouras, baixe o fogo e deixe cozinhar coberto até elas amolecerem, mexendo de vez em quando. Se o fogo estiver bem baixo e a panela coberta, não precisa acrescentar água: a cenoura vai cozinhar no próprio vapor. Mas se começar a grudar no fundo da panela você pode juntar um pouquinho de água (e verifique se o fogo está baixo, mesmo). Quando a cenoura estiver macia junte os tomates e o salsão, se estiver usando. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto, cubra e deixe cozinhar até os tomates se desintegrarem completamente. Depois que a sopa estiver esfriado um pouco, passe tudo no liquidificador até que fique homogêneo. Com o motor ligado, despeje aos pouquinhos 4 cs bem cheias de azeite. Talvez você precise de um pouco mais, então continue juntando o azeite aos pouquinhos até que a sopa adquira uma cor mais clara, como se você tivesse acrescentado creme. Coloque a sopa de volta na panela, junte a lentilha cozida (e escorrida), prove e corrija o tempero. Se achar a sopa espessa demais, junte um pouco d’água até atingir a consistência desejada. E não esqueça de aquecer a sopa antes de servir. Rende 4 porções como prato principal.