Bolo de maracujá

O bolo de laranja de Lu, minha irmã caçula e melhor boleira da família, tem fama internacional. Ele é maravilho, mesmo, mas há anos guardo em segredo a receita de um bolo ainda mais maravilhoso (pra mim!).

Um dia em não tinha laranja, mas tinha maracujá, e resolvemos arriscar. Confesso que não lembro se a ideia foi minha ou de Lu (ou das duas), mas o que importa é que o resultado ficou um espetáculo! Desde então começamos a fazer bolo de maracujá com frequência. Hoje confesso que além de achar esse bolo ainda mais saboroso, o fato do cultivo da laranja ser um dos campões no uso de agrotóxicos (não encontrarmos laranja orgânica por aqui) faz com que eu prefira fazer bolo de maracujá quando estou em Natal. 

Mas perceba que uma receita não precisa substituir a outra. Estou propondo uma variação do bolo de laranja pra variar os prazeres e expandir seu repertório de bolos vegetais que usam ingredientes simples, baratos e que podem se encontrados em todos os lugares. E ainda ficam pronto rapidinho!

Essa receita faz um bolo pequeno, porque vejo bolo como uma guloseima ocasional. Não me interessa fazer um bolo grande e passar o resto da semana comendo ele todos os dias. Mas se sua família for grande, ou se você estiver fazendo esse bolo pra uma ocasião especial, sinta-se livre pra dobrar a receita. Mais do que isso recomendo fazer dois bolos (usando o dobro dos ingredientes aqui em cada uma). Bolos muito grandes são mais difíceis de preparar, podendo não crescer muito ou ficar com a superfície bem irregular.

No mais, se trata daquele tipo de bolo fofinho, úmido, com uma casca levemente crocante nas laterais e que perfumam a casa inteira. Tem o sabor poético do maracujá, floral, delicado e assertivo, com uma ponta de acidez muito bem vinda. Minha definição de bolo perfeito. Pelado, ele é tudo, mas dá pra melhorar o que já é bom com uma calda de chocolate.

Bolo de maracujá

2 xíc de farinha de trigo

2-3 maracujás, dependendo do tamanho

1 xíc de açúcar (3/4 xíc, se quiser um bolo menos doce)

1/3 xíc de óleo (uso o de girassol, mas óleo de coco deixa o bolo ainda mais rico)

2 col de chá de fermento

Aqueça o forno (180°). Unte uma forma pequena com óleo e farinha.

Retire a polpa dos maracujás e ferva por 30 segundos. Isso facilita a separação da polpa com as sementes depois. Passe a polpa fervida por uma peneira fina, empurrando bem com as costas de uma colher pra extrair o máximo de sumo. Eu ainda gosto de bater as sementes, depois da extração, com um tiquinho de água no liquidificador e coar novamente. Você vai precisar de aproximadamente 2/3 de xíc de suco. Complete com água pra ter 1 xíc de líquido. Pode usar mais maracujás pra encher a xícara só de sumo, se quiser um bolo bem azedinho. Mas essa medida deixa ele saboroso e perfumado na medida.

Misture o suco de maracujá com o açúcar e o óleo (molhados). Em outro recipiente, misture a farinha com o fermento (secos). Despeje os molhados sobre os secos e misture delicadamente com uma colher de pau ou batedor de arame. Despeje a massa na forma untada e leve ao forno até ficar dourado por cima e passar no teste da faca (insira uma faca no centro do bolo. Se ela sair limpa, tá pronto). Deixe amornar antes de desenformar. 

Sirva puro ou acompanhado de uma calda de chocolate. Na foto usei minha calda de chocolate com amendoim (a pasta de amendoim tinha pedacinhos, o que acrescentou um toque de crocância muito bem-vindo), receita abaixo. Mas já servi com a ganache que uso no bolo de laranja e fica sublime (aconselho, se você não gostar de amendoim). 

Cobertura de chocolate e amendoim

1 col. sopa de cacau (100%) – 2 col. sopa de açúcar – 4 col. sopa de água QUENTE – 1 col. sopa de pasta de amendoim (pura)

Misture o cacau, o açúcar e metade da água até dissolver completamente. Junte a pasta de amendoim e o resto da água e bata (batedor de arame ajuda) até ficar homogêneo. Ainda morna ela é semi-líquida e perfeita pra cobrir bolos. Depois de algumas horas na geladeira ela firma um pouco e se transforma numa ganache, no ponto pra rechear bolos ou ser comida de colher.

7 comentários em “Bolo de maracujá

  1. Sandra, só pra vc saber que esse foi meu primeiro bolo sem nada de origem animal que deu certo! Ainda estou iniciando nesse caminho mas desde então fiz várias vezes e pra minha família também e todos adoraram. Obrigada pelo aprendizado 🙂

  2. Que delícia de receita, Sandra! Fiz hoje pela primeira vez e estou apaixonada pelo sabor e pela textura. Obrigada por compartilhar essa preciosidade! Aprendo muito contigo! 🙂

Deixe uma resposta para Danilo Cancelar resposta