Tem um gato dormindo colado a mim, dois cachorros aos meus pés e uma mama, a minha, fazendo palavras cruzadas do meu lado. As duas humanas estão esperando a fornada que pão de queijo vegano que está no forno ficar pronta pra devorar tudo com café. E enquanto minha mãe me pede pela terceira vez hoje pra verificar se a espinhela dela caiu (só quem é do interior do Nordeste conhece essa doença misteriosa e o método extremamente científico pra diagnostica-la. E a cura, claro) penso: “Que delícia estar em casa.”

Cheguei em Pindorama há duas semanas e por enquanto estive me escondendo em Natal, minha cidade natal, comendo meu peso em tapioca, fazendo leite de coco e medindo a espinhela da minha mãe. Mas a partir da semana que vem volto ao trabalho e estou muito empolgada com o que me espera por aqui. Estava com vontade de fazer mais atividades no Brasil (oficinas, aulas, palestras, retiros gastronômicos) por isso decidi ficar aqui até dezembro. Vou avisando sobre os eventos à medida que eles forem confirmados e quem quiser organizar algo especial é só entrar em contato comigo (papacapimveg@gmail.com).

IMG_4612

IMG_4611

Semana que vem estarei em Recife, participando de um seminário sobre a Palestina e cozinhando um jantar árabe no restaurante Papaya Verde. Os dois eventos serão muito especiais e quem estiver por lá não deve perder.