Primeiramente, fora Temer. O fato de não ter sido uma surpresa não quer dizer que o golpe parlamentar me deixou menos revoltada. Compartilho agora o sentimento das pessoas ao meu redor: meu luto é verbo.

Segundamente: ainda estou em Pindorama. Fico por aqui, me revoltando, cozinhando e comendo tapioca, até dezembro. Vim passar uma chuva grande dessa vez e vocês me acharão em Natal, mas também em Recife e João Pessoa. E se bobear apareço pelo Sudeste e pelo Distrito Federal também.

Nas últimas semanas eu fiz um jantar árabe colaborativo no restaurante Papaya Verde (obrigada, Marcelo! Obrigada equipe do Papaya!). Dei palestras no Seminário sobre a questão Palestina, organizado pela Aliança Palestina Recife, na UFPE.

Tomei sorvete de cupuaçu, graviola, pinha e mangaba. E picolé de cagaita, frutinha do Cerrado que eu não conhecia e que, dizem as más línguas, tem esse nome porque dá desarranjos intestinais.

fullsizerender-72

fullsizerender-80

fullsizerender-7

img_0655

img_0700

Participei do Grito das/os Excluídas/os em Recife e além de levar pra rua a luta contra o governo golpista, racismo, extermínio da juventude negra, homofobia, machismo, pela democratização da mídia, reforma agrária, uma nova Constituinte… levamos bandeiras da Palestina.

Comi pitanga e fruta pão. Vi uma exposição de Sebastião Salgado sobre os refugiados e migrantes (“Êxodos”). Participei de um retiro de culinária com o chef André Cantú (restaurante Broto de Primavera) e descobri, além de uma pessoa muito bacana, ingredientes e técnicas novas. Viajei pro interior do RN e conheci o mais novo membro da tribo. E mais umas tantas outras coisas que me parece que esse mês que passei aqui se desdobrou em três.

img_4837-2

img_4817

img_5176

img_5249

img_0811

img_0817

img_5321

Amanhã volto pra Recife e vai ter evento na quinta na Vegaria. No sábado um projeto que venho acalentando há alguns meses junto com um amigo querido vai se concretizar lá na cidade de Lenine: um restaurante ocasional que abrirá as portas somente um punhadinho de vezes antes das férias no Brasil acabarem.