No meio de uma semana intensa (compromissos com a saúde, preparação de uma palestra e oficinas, mais a angústia de ter começado a contagem regressiva pra deixar o país), passei por aqui pra dividir a r.eceita do meu novo smoothie preferido.

Quando estou no Brasil adoro usar a polpa de cocos verdes (que aqui chamamos de ‘lama’) em smoothies e vitaminas. Também gosto de misturar a lama e a água de um coco verde com uma colher de chia e me deliciar com esse ‘pudim’, como mostra a foto abaixo.

pudim chia coco

Mas voltemos ao smoothie. Adicionar polpa de coco verde a esse tipo de bebidas foi uma das melhores ideias que já tive (tenho certeza que outras pessoas tiveram a mesma ideia, mas vou fingir que pensei nisso primeiro). Além de deixar a bebida mais cremosa, você estará desfrutando de todos os nutrientes da polpa de coco, como minerais, vitaminas e gorduras boas. O sabor é suave e quem já provou um coco verde sabe que ele não tem aquele sabor forte do coco maduro, que algumas pessoas por aqui não aprovam. Então mesmo se coco não é a sua praia, a polpa do coco verde não vai te incomodar nesse smoothie.

Como eu adoro coco, verde e maduro, também uso um pouco de leite de coco, que faço em casa, pra acentuar o sabor tropical desse smoothie. Você pode substituí-lo por água de coco, se quiser um sabor mais suave. Se decidir usar a lama de coco verde saiba que o gelo é essencial pra deixar a bebida mais cremosa e homogênea. Explico. Quando trituro a lama com os outros ingredientes dessa receita ela fica bem picadinha, mas nunca se desfaz completamente. O gelo, ao ser batido no liquidificador, se desfaz em milhares de micro partículas sólidas que terminam de triturar a polpa de coco e transformam a bebida em uma emulsão ultra cremosa.

Gosto de aumentar ainda mais os nutrientes desse smoothie juntando uma colher de sopa de chia, que misturo no copo, mesmo. Como a qualidade da minha alimentação sempre cai durante as férias, ando colocando chia em tudo que passa pela minha frente. Meu cérebro, que não sai de férias, está precisando do ômega-3 que elas oferecem.

E antes de dividir a receita com vocês, um convite. Sexta-feira, dia 9 de agosto, estarei em Recife (novamente) pra fazer uma palestra sobre violações de direitos humanos e resistência popular na Palestina. Vai ser na livraria Cultura do Shopping Rio Mar, às 19h30 e a entrada é gratuita.

smoothie tropical

Smoothie tropical

É importante retirar o talo do abacaxi, pois ele é mais fibroso e deixa a bebida com uma textura menos agradável. Mas nada de jogá-lo fora! Eu como o meu enquanto preparo o smoothie. Substituia o leite de coco por água de coco, se quiser um sabor de coco mais discreto. Na foto acima ainda não tinha misturado a chia com o smoothie, mas claro que mexi bem antes de degustar.

1 laranja

1x (bem cheia) de abacaxi picado, sem o talo

1 banana

1/2x de leite de coco (melhor se for feito em casa)

Polpa (lama) de dois cocos verdes

5 cubos de gelo

Corte a laranja em quatro, retire a casca e as sementes. Coloque no liquidificador com o abacaxi, a banana, o leite (ou água) de coco e a polpa de coco verde. Bata bem até ficar cremoso. Junte o gelo e bata mais alguns instantes, até ele se desfazer completamente. Sirva imediatamente, com ou sem chia. Rende 750ml (duas porções pequenas ou uma gigante).