Lá em Recife…

No início do mês estive em Recife pra participar do Cultura Veg, organizado pela Sociedade Vegetariana Brasileira de Recife, e dar uma oficina de culinária. Os dois eventos foram ótimos e tive a oportunidade de conhecer pessoalmente alguns leitores do Papacapim e amigos virtuais. Como o único contato que tenho com meus leitores é através do blog, é sempre um prazer imenso poder conversar frente à frente com as pessoas e descobrir o que elas acham do Papacapim. Aqui estão algumas fotos da palestra, e do delicioso lanche vegano que foi servido depois, e da oficina, realizada na escola gastronômica La Luna. Fotos de Régia Sofia de Azevedo e Camila Apolonio (as duas últimas).

DSC_4328DSC_4363DSC_4369DSC_4378DSC_4393Oficina culinária Recife (11)Oficina culinária Recife (5)

Um imenso obrigada ao pessoal da SVB Recife pelo convite, hospitalidade, simpatia e generosidade. Foi uma honra conhecer vocês.

Pros leitores que não puderam ver a palestra, aqui vai um pedacinho pra vocês. E quem quiser ver tudo, é só me convidar pra fazer um evento parecido na sua cidade:)

 

35 comentários em “Lá em Recife…

  1. Sandra, foi uma felicidade só te ter por aqui! Aprendi a fazer o melhor brownie que comi na vida e tomei gosto por manga – que até então não simpatizava. A gente é que agradece essa tua simpatia toda. Beijo grande.

  2. Ai que saudade de ver a Sandra por aqui! Tomara que rode pelo Brasil levando seu exemplo, comprometimento e deliciuras, e que Brasília faça parte da sua rota. Jogarei todos os compromisso pro alto para vê-la.

  3. Já te admirava imensamente por tuas ações políticas (em todos os sentidos), e pelo cuidado compartilhado através das tuas descobertas e experiências na cozinha. Te conhecer pessoalmente ampliou isto, incluindo a dimensão da ternura e da gratuita simpatia.
    Um abraço saudoso : )).

    1. Rapaz, foi uma felicidade imensa te conhecer pessoalmente e provar teu maravilhoso queijo de castanha defumado. Você precisa começar a vender essa gostosura. Pense nos pobres veganos e intolerantes à lactose! Aliás seu queijo é tão bom que tenho certeza que você vai convencer muita gente a abandonar queijos de origem animal:)

  4. Sandra,
    Foi um prazer imenso conhecer pessoalmente a criadora das receitas que dão sabor aos meus dias. Já te admirava por seu trabalho no campo de refugiados e pela clareza com que você compartilha o seu conhecimento sobre alimentação vegana, te conhecer pessoalmente só confirmou o meu respeito pelo seu trabalho.
    Gratidão

    1. Régia, a moça que estava filmando, até que me deu outros pedacinhos da palestra, mas demorou uma semana pra eu fazer esse mini vídeo e não quero nunca mais olhar pro tal do Windows Movie Maker! Sinto:(

  5. Ai que invejinha branca desse povo de Recife, rs.

    Menina, sem querer descobri um restaurante vegetariano em Pirangi (praia) achando que era aquele Ecovila que vc cita no Guia Natal. Este chama-se “La Verde Vida”.

    Então, passo a dica para vc, se é que vc já não o conhece tb. Ele é praticamente todo vegano (almocei domingo e só havia um prato com queijo).

    A proprietária faz uma lasanha e uma pizza de jaca que são imperdíveis, Sandra. E não, não tem gosto de jaca!

    Veja aqui essa matéria: http://tribunadonorte.com.br/noticia/a-cozinha-vegetariana-do-la-verde-vida-em-pirangi/246923

    Se vc for, me diz depois se gostou.

    E as novidades para o povo de Natal? Estou esperando… rs

    Abs,

    Giselle

    PS: tentei fazer o omelete vegano e saiu uma goma horrorosa (rs), mas, deliciosa.

    1. Adorei a dica do restaurante, Giselle. Li o artigo que você indicou e fiquei com água na boca. Estou me programando pra ir lá esse sábado. Muito obrigada pela recomendação.

      E quanto ao omelete, uma ótima frigideira é essencial. Mas não desista, essa receita é tão gostosa e versátil… Boa sorte na próxima tentativa.

  6. Eu vi só esse pedacinho da palestra e fiquei morrendo de vontade de ver o resto! Espero que você apareça aqui em Brasília em breve 🙂 Parabéns pelo ótimo trabalho, bjos!

  7. Que excelente trabalho que estás a fazer Sandra! E não podia deixar de comentar que adorei o vídeo! Sabes mesmo falar para um público! A mensagem foi tão bem transmitida no meio de piadas que só aumentavam a atenção de quem estava a ouvir 🙂 Agora queria ter visto o resto da palestra :p
    Adorei, e gostava de ter estado lá (apesar de ser completamente impossível) 😉
    Beijinhos

    1. Poxa, Márcia, assim eu fico enrubescida:) Como já disse, passar por Portugal está na minha lista de coisas a fazer num futuro próximo. Você mora no Porto, não é?

  8. Nossa, que vontade de ter participado dessa oficina! Adorei o trechinho da palestra e penso exatamente como você.

    Na empresa onde trabalho sou a única vegana, por isso sou o monstrinho do prédio. Procuro não entrar em conflito com ninguém, falo sobre isso apenas quando me perguntam e até já trouxe algumas comidinhas pro pessoal experimentar e ver que dá pra ser feliz sendo vegano. Piadinhas acontecem aqui e ali, mas as pessoas aprenderam a me respeitar e hoje quando vamos sair pra almoçar sempre sugerem restaurantes que tenham opções para mim. Acho que consegui mostrar que minhas escolhas precisam ser respeitadas, assim como respeito as dos outros. Dá pra viver bem com pessoas diferentes mas, como você disse, tolerância é fundamental.

    Enfim, venha para São Paulo!!! =)

    Bjs

    1. Acredito que o primeiro passo pra ser respeitado é respeitar os outros e ter uma atitude como a sua não só ajuda a manter a harmonia ao seu redor como também é uma propaganda eficaz pelo veganismo:)

      E adoraria visitar os paulistas. Fui à São Paulo muitos anos atrás e guardei ótimas lembranças.

      1. Sandra, não sei se você estará disponível, mas temos aqui o Bazar Vegano que acontecerá no fim do ano. Em cada edição há dezenas de stands de produtos veganos de todos os tipos, muita comida e muita gente legal pra conhecer.Tivemos agora o Bazar Vegano de Inverno, foi muito bom e vem melhorando a cada edição. Nos bazares sempre são oferecidos mini-cursos, palestras, bate-papos e seria fantástico se você pudesse vir pra cá no próximo. Tenho certeza que seria um sucesso! \o/

Deixe uma resposta