Pasta de feijão com tomate e coentro

Os apreciadores de feijão se dividem em dois grupos : os que gostam de feijão com caldo ralinho, feito no dia, e os que gostam de feijão do dia anterior, com o caldo mais espesso. Eu faço parte da segunda categoria. Já encontrei gente que só comia feijão se tivesse sido preparado no mesmo dia, mas eu sempre achei que feijão é uma dessas coisas que ficam ainda melhores com o tempo. Minha mãe faz o melhor feijão que já comi (e totalmente vegano!) e era sempre uma alegria pra mim achar uma panelinha de dois dias atrás dando sopa no fogão ou na geladeira. Eu gostava de comer frio, mesmo, degustando com um imenso prazer aquela iguaria de textura cremosa e sabor apurado. Infelizmente nunca consegui fazer um feijão tão bom quanto o da minha mãe, embora ela tenha me mostrado várias vezes sua técnica.

Na Palestina o feijão é sempre preparado em forma de pasta, pra comer com pão. Aqueles que só gostam de feijão com caldo ralo passaria maus momentos aqui, mas eu adoro. Me inspirei do feijão palestino (ful) e de um prato mexicano semelhante (frijoles refritos) pra criar essa receita de pasta de feijão. Com o acréscimo de tomates e coentro fresco, além de uma boa dose de tempeiro, o prato ficou mais interessante e totalmente delícia. Quase tão bom quando o feijão da minha mama.

Pasta de feijão com tomate e coentro

Sirva essa pasta como entrada, em temperatura ambiente e acompanhada de pão sírio tostado, ou quente como prato principal.

3x de feijão cozido (vermelho ou marrom)

1cebola picada

4 tomates picados

3 dentes de alho picados

2cs de azeite

1cc rasa de cominho

1/2cc rasa de coentro em pó

1 punhado de coentro

1x de caldo de feijão (a água em que foi cozinhado o feijão)

suco de limão, sal e pimenta calabresa a gosto

Aqueça o azeite e refogue a cebola até ficar dourada. Junte o alho e cozinhe mais dois minutos. Acrescente o feijão, o tomate, o cominho, o coentro em pó, sal e pimenta a gosto. Deixe cozinhar até os tomates se desfazerem e o líquido se evaporar quase totalemente. Em seguida vá juntando o caldo de feijão aos poucos e amassando tudo com um garfo até atingir uma consistência cremosa. Talvez você não precise de todo o caldo (se colocar caldo demais e a pasta ficar muito líquida, deixe cozinhar mais um pouco pro líquido evaporar). Corrija o sal e fora do fogo junte um pouco de suco de limão e o coentro fresco. Rende 2 porções como prato principal ou 4 como entrada/aperitivo.