Leite de amêndoas

No post anterior mencionei o fato de ter substituído o leite de soja por leite de amêndoas. Verdade seja dita: nunca fui fã de leite de soja. Assim que parei de tomar leite de vaca, meu primeiro impulso foi comprar uma caixa de leite de soja, mas achei o negócio intragável. No entanto tomei a caixa todinha, pois minha consciência pesa quando desperdiço comida. A cada gole eu pensava “Minha nossa senhora protetora dos veganos, será que não existe um leite melhorzinho que não venha da pobre Mimosa?” Felizmente as opções de leites vegetais são muitas. Resolvi então testar o leite de aveia. Meu amor por esse cereal já foi confessado aqui, então as chances de gostar do leite eram bem maiores. Meu encontro com o leite de aveia foi mais feliz, mas eu ainda achava que devia existir uma alternativa mais gostosa ao leite de vaca.

Há alguns meses descobri o leite vegetal que mandou todos os outros ir embora com o rabinho entre as pernas. Senhoras e senhores, eu gostaria de apresentar a vocês o leite de amêndoas. Leve, de fácil digestão, rico em minerais (cálcio, magnésio, fósforo) e vitamina E, o leite de amêndoas é fonte de proteínas e gordura monoinsaturada (a gordura boa que protege o coração e diminui o colesterol). E, contrariamente ao leite de soja, o  gosto é bem suave, podendo ser usado tanto em preparações doces como salgadas sem interferir no sabor dos outros alimentos.

Pra fazer leite de amêndoas em casa, você vai precisar de um pedaço de tecido fino pra coar o leite, um liquidificador e nada mais. Talvez você ache o gosto do leite puro um pouco estranho (uma reação normal quando provamos algo novo), por isso aconselho usá-lo primeiro em vitaminas de frutas pra ir se acostumando. Aliás, minha receita preferida com leite de amêndoas é vitamina de banana e chocolate: bato no liquidificador uma banana com um copo de leite de amêndoas gelado, 2cc de cacau (puro, sem açúcar) e 1cc de semente de linhaça. Um verdadeiro néctar dos deuses!

Eu gosto de comprar amêndoas a um senhor palestino que cultiva e colhe ele mesmo as amêndoas das árvores. Elas vêm dentro da casca, mais natural impossível! Dá um trabalho danado quebrar as cascas uma por uma, mas fico ainda mais feliz quando vejo o leite pronto. Me sinto quase como uma espécie de Robinson Crusué da cozinha, transformando a natureza bruta em leite (com a diferença que Robinson Crusué não usava liquidificador). Mas ninguém precisa ir tão longe pra degustar essa bebida deliciosa. Quem não morar perto de um senhor que cultiva amêndoas pode comprar amêndoas descascadas no supermercado, inteiras e com a pele marrom que as cobre. Garanto que a satisfação e os benefícios do leite serão os mesmos.

Leite de amêndoas

Deixar as amêndoas de molho uma noite e usar um liquidificador potente são essenciais. Escolha um tecido bem fino pra coar o leite, de preferência um algodão ou gaze. Nunca testei mas acredito que uma fralda de bebe (nova) funcione bem também.

1x de amêndoas inteiras, com pele

3x de água

Cubra as amêndoas com água e deixe de molho durante uma noite. No dia seguinte escorra as amêndoas e enxague ligeiramente (eu despejo as amêndoas em uma peneira e passo embaixo da torneira ligada). Deixar oleaginosas de molho faz com que elas sejam melhores digeridas, além de deixá-las mais macias e fáceis de serem trituradas. Coloque as amêndoas e 3x de água no liquidificador e bata durante um minuto na velocidade máxima.  Seja paciente e deixe o liquidificador funcionar um minuto sem parar. É nessa hora que um bom liquidificador faz toda a diferença. Se o seu for fraquinho, ele não vai transformar as amêndoas em pó, só vai quebrá-las em pedaços pequenos  e o leite ficará aguado. Cubra uma vasilha de plástico (ou vidro) funda com o tecido que será usado como coador. Despeje o leite sobre o tecido e junte as pontas pra formar uma trouxa, tomando cuidado pro líquido não escapar pelas bordas. Com uma mão torça ligeiramente as pontas, enquanto a outra espreme a trouxa até extrair todo o líquido. Algumas pessoas usam a polpa da amêndoa em receitas, eu jogo fora pois acho ela totalmente sem gosto (o sabor foi todo pro leite). Se seu “coador” for pequeno faça a operação em duas vezes. Guarde na geladeira em um recipiente tampado. Se conserva três dias na geladeira. Rende mais ou menos 700ml.

Eu gosto do leite “in natura” mas você pode acrescentar 2 cs de adoçante natural (mel, por exemplo) e um pouco de extrato de baunilha pra deixar o leite mais gostoso.