Ainda estou na França profunda, mas amanhã largo as amarras e parto em direção à próxima etapa da viagem. Antes de partir pensei em fazer uma lista de coisas pra fazer durante as férias, no caso de vocês estarem sem idéias. Pode ser útil pra alguém algum dia…

Visitar cidades medievais com casas do século 16. A da foto é Thiers, na Auvegne (França), ao lado da cidade onde estou agora.

Ir à feira, apalpar e cheirar frutas e legumes, conversar com os feirantes e voltar pra casa com os braços carregados de produtos frescos.

Descobrir legumes novos, como tomates rosa, amarelos (chamado de tomate abacaxi aqui) e rajados. Cada um tem um sabor ligeiramente diferente do outro, uns mais ácidos, outros mais doces… Sabiam que existe mais de 12 mil tipos de tomates?

Provar os melhores morangos do mundo (“mara des bois”) depois de ter conversado meia hora com o produtor dos ditos morangos. Agora sei tudo sobre esses morangos top models.

Saborear refeições veganas com amigos onívoros. Comida une as pessoas e um prato gostoso vale mais que mil discursos.

Aproveitar pra explorar a cozinha dos amigos. Eu não sei vocês, mas eu adoro bisbilhotar cozinhas alheias. Fico saltitante, parecendo criança abrindo um baú de brinquedos.

Observar gatos nas janelas.

Visitar pessoas queridas e acompanhar conversas gostosas com vinho rosé gelado (ou suco de laranja).

Acariciar bebês com a cabeça.

Curtir o jardim do sogro (se, obviamente, o pai do seu amor tiver um jardim tão lindo quanto o meu sogro).

Quatro mil e oito metros quadrados e 120 espécies diferentes de plantas. Meu sogro vai ficar contente de saber que eu disse isso aqui no blog.

Mas a melhor coisa pra fazer durante as férias é deitar embaixo de uma árvore acompanhada de um bom livro.