Esse é o meu último mês em Beirute e já comecei a fazer listas do que quero fazer antes de ir embora. Três meses aqui é pouco pra penetrar nas camadas mais profundas da cidade. Tenho a impressão que até agora só consegui arranhar um pouquinho a superfície. Então decidi parar de tentar dar um sentido pra esse emaranhado de fios, culturas, contradições e desigualdades e vou passar as próximas semanas só admirando, absorvendo e gravando na memória cada momento e cada esquina. E aqui vão algumas imagens da cidade pra vocês verem um pouco do que estou vivendo. Não são fotos trabalhadas e fiz todas com o telefone (com excessão de duas fotos feitas por Anne), mas é assim que vou lembrar de Beirute.

133A3936

133A4004

IMG_2473

FullSizeRender 58

FullSizeRender 56

Sobre as fotos. 1- Pôr do sol na praia. 2- Aqui a eletricidade é cortada pelo menos três horas por dia, então aprendi a fazer tudo à luz de velas, inclusive cozinhar(foto feita por Anne). 3- Eu, conversando com clientes no restaurante onde fui “chef convidada” durante um fim de semana (foto feita por Anne). 4- No bairro Hamra. 5- Mesquita Mohammad Al-Amin. 6- As Rochas de Rauche, o mais famoso cartão postal da cidade.

IMG_2707 2IMG_2570 2

IMG_2939 2

IMG_2476

IMG_2996

7- Bourg Hammoud, o bairro armênio. 8- Um café em Mar Mikhael, bairro onde moro. 9- Restaurante Manara. 10-Corniche, o calcadão que acompanha o mar. 11- Cicatrizes da guerra civil no bairro Basta.