patê cebola

Apesar de estar muito sem tempo esses dias, faço questão de continuar comparecendo algumas vezes por semana aqui no blog. Então o post de hoje será curto, mas delicioso.

Faz tempo que procuro criar um patê de cebola que me agrade. Eu tenho uma receita de patê de cebola à base de tofu muito boa, mas queria ver se era possível substituir o tofu por um ingrediente mais fácil de encontrar (muitos leitores falaram da dificuldade de encontrar tofu nas suas cidades). Minha ideia era usar uma leguminosa, pois elas são nutritivas e proteinadas, baratas e abundantes. Tentei com feijão branco e não gostei do resultado. Tentei com grão de bico e também não gostei. Em um momento de loucura tentei com batata cozida e obtive um purê com sabor de cebola, mas nada de encontrar A receita de patê. Então acabei voltando pra versão com tofu.

Fazia muito tempo que não preparava esse patê e tinha até esquecido o quanto ele é gostoso. Se você gosta da minha sopa de cebola francesa, ou de cebola em geral, vai adorar essa receita. Cebola caramelizada exige um pouco de paciência, mas o resultado vale muito a pena: ela se transforma completamente! Gosto de juntar um tiquinho de passas nesse patê pra acentuar a doçura da cebola caramelizada e porque adoro o contraste doce-salgado.

Gosto tanto desse patê que acho que vou abandonar o projeto de fazer uma versão alternativa. Ele é perfeito exatamente assim.

patê cebola3

Patê de cebola caramelizada

Tem duas coisas essenciais pro sucesso dessa receita: a qualidade do tofu (use o melhor e o mais fresco que você encontrar) e paciência. Os sabores desse patê melhoram 100% depois de descansar uma noite na geladeira.

200g de tofu macio (quanto mais fresco, melhor)

1/3x de castanha de caju (de preferência natural, não o tipo torrada e salgada), de molho por 8 horas

2 cebolas grandes, cortadas em meia lua

2 dentes de alho, picados

1cs de passas

1/4x de vinho branco seco (opcional)

3cs de azeite

2cs de suco de limão

Sal, pimenta do reino e noz moscada

Em uma frigideira média aqueça 1cs azeite e doure o alho. Retire da frigideira e reserve. Na mesma panela junte mais 1cs de azeite e cozinhe a cebola, em fogo baixo, até ela ficar caramelizada. Mexa de vez em quando e tenha paciência, pois o processo vai durar entre 20 e 30 minutos. Quando a cebola estiver caramelizada e com uma cor intensa (use as fotos abaixo como guia), junte as passas e molhe com o vinho branco. Mexa pra descolar os pedacinhos de cebola que estiverem colados à frigideira e deixe o vinho evaporar completamente (se não estiver usando vinho use 1/4x de água).

cebola caramelizada

Cebola caramelizada, depois de quase meia hora no fogo baixíssimo.

cebola caramelizada2

Depois de juntar as passas e o vinho a cor fica ainda mais escura.

Coloque o tofu, a castanha demolhada (escorrida), o alho frito, metade da cebola caramelizada com passas, 1cs de azeite, o suco de limão, aproximadamente 1/4cc de noz moscada ralada (melhor se ralar na hora), sal e pimenta do reino a gosto. Acrescente 1/3x de água e triture bem. Dependendo da textura do seu tofu você precisará de mais ou menos água (eu acabei usando 1/2x de água), mas cuidado pra não colocar demais e deixar o patê líquido. A consistência ideal é cremosa e espessa. Junte a outra metade da cebola caramelizada com passas e misture manualmente. Prove e corrija o sal, se necessário. Transfira o patê pra um recipiente com tampa e deixe descansar 12 horas (uma noite) na geladeira antes de degustar. Rende 1 1/2x.