Torta de chocolate e café

torta de chocolate e café

Quando contei sobre os quitutes que apareceram na nossa mesa no natal, mencionei uma torta de chocolate, café e caramelo que comemos no almoço do dia 25. Foi a única sobremesa que fiz durante as festas, pois entre os aperitivos, entradas e pratos, nunca sobrava espaço no meu estômago pra sobremesa. Mas na categoria “sobremesa”, minhas tortas são até bem leves, pois gosto de fazer a massa quase sem doce nenhum e colocar uma camada fininha de recheio. E como a avó de Anne almoçaria conosco naquele dia, fazer uma sobremesa especial era importante pra mim.  Quando perguntaram se ela queria provar a minha torta vegana ela respondeu “Claro!”, mesmo depois do almoço pesado e de já ter engolido um pedaço de tronco de natal. Ela adorou a torta e perguntou, intrigadíssima, com é que eu conseguia fazer aquilo sem manteiga e sem creme. Eu adoro impressionar vovós…

Essa torta segue o mesmo estilo do meu pavê trufado de chocolate amargo e morango e da minha torta de chocolate, banana e amendoim. O denominador comum entre essas três sobremesas é a combinação de tofu sedoso e chocolate amargo (ou meio amargo). Se você ainda não descobriu as maravilhas que o tofu sedoso pode fazer na cozinha, isso precisa mudar urgentemente.

Sempre que posto uma receita com tofu, aparecem comentários de leitores tofufóbicos dizendo que ainda hesitam em preparar algo com ele. Amigos, eu também já fui assim, mas é preciso superar a tofufobia, pois ele é um ingrediente extremamente versátil e, se preparado corretamente, muito saboroso.

Pros noviços em matéria de tofu, aqui vão alguns esclarecimentos. Resumindo bastante, tofu pode ser firme, regular e sedoso (mole). Essa denominação tem a ver com o tempo de drenagem do tofu: quanto mais tempo ele fica na prensa, mais água escorre e mais firme se torna a textura. O tofu sedoso é o único que não é drenado, por isso tem uma concentração de água bem mais elevada e a textura de um pudim firme. Na hora de escolher procure uma loja de produtos japoneses (ou lojas macrobióticas), pois eles fazem o melhor tofu sedoso, e compre o mais fresquinho que encontrar (confira a data de fabricação). Se não estiver escrito na embalagem se ele é firme ou mole, peça ajuda ao vendedor. Tofu mole/sedoso pode substituir o creme e os ovos em algumas sobremesas, se transformando em deliciosos pavês, tortas e mousses. Se o sabor do tofu te assusta, nada tema! Misturado com ingredientes saborosos e intensos, como chocolate, e depois de descansar uma noite na geladeira (importante!) ele desaparece sem deixar vestígios. Quem experimentou minhas receitas de sobremesa com tofu sedoso pode confirmar.

Se você liquidificar tofu sedoso ele se transforma em um creme mais ou menos espesso, dependendo do tofu utilizado (alguns são mais firmes que outros). Mas a verdadeira alquimia acontece quando misturamos esse creme com chocolate derretido e deixamos a mistura descansar na geladeira. A manteiga de cacau presente no chocolate vai se solidificar e a mistura ganhará uma consistência de creme/mousse. Dependendo da quantidade de líquido que você acrescentar à receita, esse creme/mousse poderá ser bem firme ou bem cremoso.

Quando fiz essa torta, queria um recheio cremoso e sedoso, pra contrastar com a massa crocante. Por causa da falta de tempo usei uma massa semi-folhada vegana comprada pronta. Apesar de prática, esse é um produto que só usaria em emergências. Mas você pode, e deve, usar uma massa feita em casa, com carinho e ingredientes naturais.

Quando fiz essa torta acrescentei uma camada de creme de Speculoos. Speculoos é um biscoito tradicional belga, que tem um leve sabor de caramelo, complementado por um toque de canela. A versão creme desse biscoito, pra passar no pão, virou coqueluche lá na Europa e anda destronando aquela famosa pasta de chocolate e avelãs em alguns lares. Essa pasta é vegana (assim como os biscoitos) e depois de ouvir tantos elogios resolvi experimentar. O sabor é idêntico ao biscoito, que adoro, mas o doce é multiplicado por três. Pra mim é intragável, mas pra quem gosta de doces, esse creme tem tudo pra conquistar. Porém não sei se ele é vendido no Brasil…

Como disse, usei um pouco de creme de Speculoos na torta, tomando o cuidado de fazer o recheio bem amargo pra compensar, mas isso é totalmente desnecessário. A receita abaixo é pra fazer uma versão chocolate-café, uma das minhas combinações preferidas. Se você ainda não começou a usar tofu sedoso em sobremesas, espero que essa receita te dê o empurrãozinho final. Além de ser extremamente prático (um ingrediente só pra substituir ovos e laticínios em sobremesas? O que mais pedir?), ele é capaz de fazer sobremesas veganas tão gostosas quando as tradicionais e com o bônus de ser menos calórico, pobre em gorduras e rico em proteínas. Acho que mesmo os onívoros deveriam começar a prestar mais atenção nele…

Update: Quer fazer seu tofu (macio ou firme) em casa? Lina, do blog Aroma de Café, postou a receita bem explicadinha. Vai lá!

 torta chocolate café caramelo 2

Torta vegana de chocolate e café

Você pode usar sua receita de massa pra torta preferida aqui. A massa dessa torta de maçã também ficaria ótima com esse recheio. Outra opção é esquecer a massa e usar biscoitos do tipo maizena, transformando a torta em um delicioso pavê. Nas fotos a torta está decorada com migalhas de biscoito Speculoos, mas você pode usar raspas de chocolate ou migalhas de outro biscoito. Ou optar pelo minimalismo e não usar decoração nenhuma. Se você só encontrar chocolate meio-amargo (com menos de 60% de cacau), acrescente 1cs rasa de cacau ao recheio, pra intensificar o sabor do chocolate.

200g de tofu sedoso

150g de chocolate amargo de ótima qualidade (60% ou 70% de cacau)

Sementes de um favo de baunilha (ou 1cc extrato natural)

½ xícara de café de água quente

1cc de café solúvel (ou substitua a água e o café solúvel por uma dose de café expresso)

Açúcar mascavo a gosto (usei xarope de bordo)

1 receita de massa pra torta (veja sugestões acima)

Prepare a massa que escolher e asse em uma forma rasa (usei uma forma de quiche- redonda e bem rasa- de 28cm de diâmetro o que fez com que a camada do recheio ficasse bem fina, como mostra a foto acima). Enquanto a massa esfria prepare o recheio. Derreta o chocolate em banho-maria. Coloque o tofu, o chocolate derretido, a baunilha e o café solúvel dissolvido na água quente no liquidificador e triture até a mistura ficar totalmente homogênea e cremosa. Prove e se achar necessário, adoce com açúcar mascavo a gosto (não esqueça de triturar novamente pra dissolver o açúcar). Despeje o recheio sobre a massa assada e fria, cubra com papel filme ou papel alumínio e deixe descansar uma noite na geladeira. Se preferir fazer a versão pavê, prepare o recheio como indicado, forre uma travessa pequena com biscoitos do tipo maizena, cubra com a a metade do recheio, faça outra camada de biscoitos e cubra com o resto do recheio. Deixe descansar na geladeira, coberto, durante uma noite antes de servir. Rende 6-8 porções.

29 comentários em “Torta de chocolate e café

  1. Bonjour, Sandra!! Lene é uma dessas “tofufóbicas”… rs… Tenho que me empenhar mais em tirar esse medo dela, essa receita pode bem ajudar. Pros cariocas, a dica é a Cacau Show, ela vende uma barra de chocolate de 85% de cacau (os chocolates deles de 70 e 85% deles, pelo menos, são veganos, e eles ainda tem uma linha lactose-free), que, por sinal, é uma delícia até pros paladares ainda açucarados como o meu! É, claro, mais cara que os barrões de chocolate “três por derreal nas Lojas Americanas”, mas vale a pena. E essa não é uma receita pra se fazer todo dia, afinal, tofu aqui ainda é mais caro e bem mais difícil de achar que queijo minas… rs…
    Bjs!!

    1. Não entendo porque tofu é tão caro aí, afinal é composto só de grãos de soja, água e coagulante (cloreto de magnésio ou cálcio)… O jeito é fazer o seu tofu em casa, Carlos. Espero que Lene supere a tofufobia:)

      1. Sandra, além de ser caro, é difícil de encontrar. Só encontro em alguns lugares aqui no RJ. Na Baixada Fluminense, então, achar tofu em supermercado é quase impossível, e nem adianta perguntar, ninguém sabe o que é. O jeito é fazer em casa, mesmo… Bjs!

  2. … que apetitosa!!!! … Obrigada …. 🙂
    raramente uso tofu em sobremesa… mas vamos testar esta …
    para mim tem tudo para dar certo…. fina massa … fina cobertura …. chocolate “finíssimo” !! e, faço eu mesmo tofu, que claro fica… “finíssimo” :o)

    Darei novidade 🙂
    Abraço Português…

    1. Isabel, se você faz seu tofu aqui vai uma dica: depois de coagular o leite de soja escorra por um tempo bem curto e use esse tofu mole em sobremesas como essa. Era isso que eu fazia quando tinha acesso à minha máquina de soja (saudades dela, snif, snif) e fica perfeito pra sobremesas. Não é exatamente tofu sedoso, pois o método de fabricação desse é ligeiramente diferente, mas quebra o galho 🙂

  3. Sandra,
    Já fiz o seu tofu mexido, uma quiche de espinafres e tofu e caril de tofu e posso dizer que me converti, sou absolutamente fã de tofu. Só não experimentei ainda em sobremesas. E haverá melhor maneira do que me iniciar nas sobremesas com tofu do que juntá-lo com chocolate (chocolate é o meu vicio confesso…)? Que os Deuses da culinária te abençoem sempre!
    Mil obrigadas por atender meu pedido de mais receitas de sobremesa!
    Bjo

    1. Que maravilha saber que ajudei a converter mais uma pessoa nesse assunto 🙂 Agora que o tofu salgado já entrou na sua vida, está na hora de experimentar a versão doce. Garanto que você vai se encantar mais ainda com ele.

  4. Pois eu me apaixonei por tofu com sua receita de torta de chocolate, banana e amendoim e hoje é um dos meus ingredientes preferidos!!
    Adoro ele em doces, salgados e até puro!! Grelhar e tofu e comer no almoço ou colocar em um sanduíche…! Hmm! Vc me converteu e nem precisou muito esforço!

  5. Esse recheio da tarte deve ser mesmo bom, tenho de arranjar tempo na minha agenda para procurar o bendito tofu sedoso!
    Aproveitei para ver a receita da massa da tarte e reparei que também tens uma tarte de maçã com massa de amêndoa, coincidência engraçada 🙂 mas a base que fizeste parece muito melhor do que a minha, por isso também quero experimentar

    Beijinho 🙂

  6. humm é tudo de bom tofu pra dar aquela cremosidade nas sobremesas ne? Já fiz e recomendo vivamente. Quando tiver uma oportunidade faço mais esta receita! Só minha mãe que é nissei que achou estranho usar numa cheesecake que fiz um dia…acho que é muito radicalismo pra ela! rsrs
    bjos

    1. Imagino que pra sua mãe deve ser um sacrilégio colocar tofu sedoso em tortas de chocolate! Mas vou confessar uma coisa (não conta pra tua mãe), comi tofu sedoso em um restaurante japonês muito tempo atrás, temperado só com shoyu, e, sinceramente, prefiro colocar ele nas minhas sobremesas…

    1. Infelizmente não posso te ajudar, Fernanda. Sei que a loja/restaurante “A macrobiótica”, na Cidade Alta, vende tofu, feito por um senhorzinho japonês (o vendedor de lá que me contou). Ou pelo menos eles vendiam até uns dois anos atrás, quando conferi pela última vez. Peça o telefone do fabricante e pergunte se ele não faz tofu sedoso também. Outro lugar que vende tofu bom e (relativamente) barato é a loja Kouzina (veja o endereço no guia vegano de Natal: http://papacapim.org/2012/08/27/guia-vegano-natal/ Vi tofu firme por lá, mas não custa perguntar. E se o pessoal sentir que tem uma demanda por tofu sedoso, talvez eles comecem a vender…

  7. Só avisando aos portadores de intolerância a lactose que o chocolate da Cacau Show, mesmo da linha supostamente lactose free tem algum traço da danada. Uma amiga com intolerância severa comeu e passou mal por vários dias…

    1. Olá, Ana!! Fui eu que dei a dica dos chocolates da Cacau Show nos comentários. Mas sei que infelizmente muito do que é processado e se diz sem lactose ainda possui traços de leite. Biscoitos, por exemplo, vêm com essa orientação. Minha companheira é intolerante a lactose, então aprendi a ler todos os rótulos do que compro pra ela. Por sinal, ela se deu maravilhosamente bem com os chocolates de 85% deles, bem como a linha lactose-free, até pq o paladar dela é menos açucarado q o meu. Talvez sua amiga goste do chocolate 70% ou de 85%, mas é bom ler os rótulos, não lembro se eles mencionam ter traços de leite. Grande abraço, e um abraço para sua amiga tb! Só quem vive esse problema sabe o quanto é difícil…

      1. Carlos, essa amiga tem intolerância severa a lactose, não sei se o chocolate tem traços de lactose, mas nela causou vômito por vários dias. 🙁

  8. Chocolate e café são a minha perdição! Adorei a receita!Comecei o ano a evitar os doces, mas esta torta não me escapa quando tiver visitas para partilhar. Faço o meu próprio tofu. Os meus pais têm uma horta e cultivam soja. Não são usados produtos químicos no cultivo, então o meu tofu fica muito baratinho feito em casa. Até coloquei um passo a passo lá no blogue, porque parece mais complicado do que é na realidade…Mesmo que eles não cultivassem fica mais barato comprar a soja e fazer o tofu em casa. Já pensei em comprar uma máquina de fazer o leite de soja, pois ainda o faço manualmente, mas por aqui ainda são dispendiosas essas máquinas…A outra vantagem é que não dependemos de nenhuma superfície comercial e controla-se o “grau de dureza” do tofu.
    Obrigada pela maravilhosa receita!

    1. Eu também prefiro fazer o tofu em casa (mais barato e muito mais saboroso), mas deixei minha máquina de fazer leite de soja no Brasil e nunca me atrevi a fazer o leite manualmente. Pra completar, não encontro feijão de soja por aqui:( Não tinha visto o seu post sobre como fazer tofu em casa, que pérola eu perdi! Vou colocar o link pro seu post na receita, pois muita gente me pergunta como fazer tofu em casa (sem máquina de fazer leite de soja).

  9. Eu adoro fazer tofu em casa, sinto que é algo quase mágico, transformar o líquido em algo sólido e tão versátil. Também descobri algumas coisas. Fui tentar fazer uma receita de pão de soda irlandês em que é utilizado o buttermilk, que tentei fazer com leite de soja de pacote e sumo de limão, mas não consegui que este leite coagulasse de jeito nenhum. Ao fazer leite de soja caseiro para o tofu, verifiquei que foi muito fácil coagular o leite com limão criando o tal do buttermilk, o que me levou a pensar porque não funcionou com o leite industrializado, será pelo teor de soja? Cada vez consumo menos produtos industrializados e embalados, preferindo tudo o que for natural e feito por mim, como o tofu e afinal nem é tão difícil… Fiquei muito contente de você ter gostado do meu post do tofu e agradeço por citar aqui o meu humilde cantinho.Espero que o post seja útil para as pessoas, foi neste intuito que o fiz. Que pena que aí você não encontre feijão de soja, e eu aqui com tanto…Eu posso te mandar um pouco pelo correio. O meu e-mail é: idalinabaptista@gmail.com

  10. Olá Sandra!
    Talvez minha pergunta soe imbecil, mas eu sou bem inexperiente na cozinha. Comecei a cozinhar para poder veganizar.
    Você disse para deixar o tofu uma noite na geladeira, mas é o seguinte, eu deixo ele na geladeira assim que comprar, antes de preparar o creme com o chocolate, ou esse tempo é depois de já preparada a torta? (Aí depois de preparada a torta eu deixaria ela na geladeira para sei lá…) E se for antes, eu tenho que destampar o potinho, e lavar o tofu? Porque ele para tipo um queijo branco. Porque ele tem um gosto muito forte, azedo.
    Eu sei que você não vive aqui no Brasil já fazem muitos anos, mas você saberia indicar uma marca de chocolate em barra vegana boa? Estou tendo dificuldade para achar barras grandes de chocolate sem leite. As únicas que encontro são aquelas pequenas da chocosoy.
    E obrigada pelas receitas!

    1. Disponha, Civ. Quando estou no Brasil uso a barra de chocolate amargo da Garoto ou a da Arcor, que são veganas e baratas (doces demais pra mim, mas fica bom nas sobremesas). A única maneira de saber se outras marcas são veganas é lendo a lista de ingredientes na embalagem. Quanto ao tofu, espero que você tenha comprado tofu sedoso pra essa receita, já que o tofu normal NÃO serve aqui. Quando falei de passar uma noite na geladeira pra neutralizar o gosto do tofu na sobremesa, eu quis dizer depois de ter preparado a torta. Geralmente faço a torta à noite e degusto no dia seguinte.

Deixe uma resposta para Civ Cancelar resposta